[ editar artigo]

Como as empresas estão utilizando o Design Sprint

Como as empresas estão utilizando o Design Sprint

 

O método Google para testar e aplicar novas ideias em apenas 5 dias

Uma metodologia que assim como qualquer outra possui processos internos que contem diversas etapas de entrega, mas com o diferencial de ter dar uma resposta em 5 dias. Criado para solucionar problemas de forma instantânea e rápida, seu nome é derivado da palavra Design no formato de concepção de ideias, e Sprint por sua agilidade.

Nas etapas de entrega, existe por trás uma equipe multidisciplinar, cada um com sua área de domínio para mapear o problema. Identificando nesse mapa qual é o público alvo a se atingir, dentro de vários problemas encontrados, o Design vai focar em um e resolvê-lo. Posteriormente, depois de ter avançado essa etapas, chega a hora de esboçar ideias, e desenhá-la. Se você consegue desenhar, consegue materializar essa ideia. 

Design Sprint é extremamente eficaz. Desenvolvida inicialmente para ajudar startups em seu MVP, foi adaptada para auxiliar as empresas tradicionais na otimização de projetos, colocando a inovação dentro das corporações.

O que antes era uma dificuldade de inovar por parte das empresas, agora se tem até metodologia! Só não inova quem não quer. Mais do que mensurar os resultados, o Design define por onde começar a fazer a inovação.

O maior grau de insanidade mental é querer resultados diferentes fazendo as mesmas coisas, e é com essa mentalidade que devemos nos abrir ao novo, afinal, modernizar problemas antigos é apenas modernizar, isso não significa inovar.

Albert Einstein

Empresas que podem usufruir do Design Sprint

Partindo de dois pontos, o Design Sprint surge de uma problemática que já está sendo trabalhada, seja em uma solução ou no processo de ideação. Nesse momento a equipe se junta e debate sobre os problemas que serão mapeados e expostos em um gráfico, percebendo a complexidade técnica e valores ao cliente. Mas esse cliente não é apenas o consumidor final, mas qualquer pessoas parte do processo como o gestor ou o vendedor, por exemplo. 

No Sprint o cliente é quem tem mais voz, a partir do momento em que se ouve ele, os problemas são mapeados, identificando as suas complicações e os valores definidos. Analisando sempre a verba que está disponível, o tempo de entrega dessa solução, constrói-se uma forma que o Design Sprint seja extremamente assertivo.

E como é feita a seleção de pessoas que vão trabalhar no projeto? 

Tudo vai depender da problemática, assim haverá diferentes profissionais que poderão solucioná-la da melhor forma. O mais importante é ouvir o cliente, abrindo espaço para que ele aponte os dilemas de seu dia a dia. No Design Sprint, quando se trabalha com processos específicos, o próprio gestor tem que participar como decisor, pois sabe as características desse projeto e pode escolher os diferentes profissionais para dentro da ação. 

Na metodologia do Design Sprint todos dentro de uma empresa podem e devem colaborar, desenhando e materializando suas ideias. Trazendo sempre o principal conceito: todos fazem parte do problema e da solução. 

Por onde as pessoas podem ter acesso, ou aprender essa metodologia 

A Sprint XP disponibiliza em forma de workshop toda a metodologia e a mudança na cultura necessária para a corporação, misturando 60% de conteúdo teórico e 40% de atividades práticas. Somando ao todo 12 horas de curso, os treinamentos são divididos em cinco dias, sendo totalmente online.

O projeto é aberto à comunidade para que ela traga suas dores, para que possam acompanhar e conhecer o que acontece na prática. Tem lugar para todos, é voluntário e gratuito. 

Projeto Curitiba Smart Hack 

Voltado para soluções na cidade de Curitiba, será realizado nos dias 26,27,28 deste mês. Lá vão ser trabalhadas soluções para a segurança cidadã, turismo inteligente e mobilidade urbana. Permitindo que todos consigam participar como facilitador, mentor ou apenas participante gratuitamente. Para quem quer aprender sobre inovar e como é transformador, é o projeto certo.  

O principal beneficiado com tantos projetos que provocam a inovação é você! Independente se não está familiarizado com ela ou se já a pratica. É a oportunidade de aprender, debater e conhecer a fundo a inovação. 

Inovar não é só inovação tecnológica, não é só um setor, inovação é a forma de resolver problemas.

Erica Marques – Sócia fundadora na Sprint XP.

Link do projeto:https://www.curitibasmarthack.com.br/

Acompanhe nosso bate-papo completo:

 

Não perca a oportunidade de fazer a sua ideia acontecer. Ela pode ser o diferencial que a sociedade está precisando.  Entre em contato através do e-mail oi@condorconnect.com.br e agende a oportunidade de fazer a sua ideia decolar. Participe agora e trabalhe o perfil empreendedor para o seu negócio. Empreenda-se.

RIC Mais

Condor Connect
Condor Connect
Condor Connect Seguir

Condor Connect é uma aceleradora de Startups e de Pessoas

Ler conteúdo completo
Indicados para você