[ editar artigo]

O LADO OPOSTO DA IDEIA

O LADO OPOSTO DA IDEIA

Esses dias atrás eu estava com alguns amigos empreendedores, com muita experiência no mercado e começamos a discutir sobre o porque que as pessoas valorizam tanto a ideia, se a cada 10 minutos 7 pessoas tem a mesma ideia em algum lugar do mundo.

O que isso me fez pensar é que nós, brasileiros, começamos pelo lado avesso. Algumas pessoas tem sorte e conseguem, mesmo começando pelo lado avesso, mas a grande maioria, que representa 98%, não tem a mesma sorte. Para esta maioria não é a sorte que está em jogo e sim as possibilidades, estatísticas, força de vontade e qualquer outro predicado...

Então, não vamos correr o risco de começar um negócio pelo lado avesso e virar estatística do que não deu certo.

O que mais se encontra são pesquisas do que não deu certo, mas a minha intenção escrevendo aqui é transformar todas essas experiências com a “ falta de sorte” para que de jeito nenhum falte planejamento em bons negócios, não partindo da ideia, mas sim da solução que boas pessoas, criativas e corajosas desenvolveram para a sociedade.

Se você é aquela pessoa que tem uma boa ideia, antes de considerar a sua ideia boa, faça um teste no mercado. Faça a pergunta se isso é uma solução para a sociedade, e mais do que esperar pela resposta, corra atrás dela.

O que te faz ter uma boa ideia não é a ideia em si e sim a ação que vai fazer a ideia se transformar em alguma coisa, neste caso em um negócio.

Hoje todas as ferramentas que temos disponíveis nos permitem testar de forma gratuita qualquer coisa antes de sair criando. Então, não gaste dinheiro, invista sua energia na validação consciente do seu negócio e se o mercado não quiser o que você tem para oferecer, não se preocupe, porque o empreendedor brasileiro tem a característica mais criativa do universo.

Da mesma forma que você teve uma ideia, outras também virão.

E a certeza que você vai ter é que começou pelo lado certo e isso significa que as suas chances de sucesso já são maiores que a da maioria. E o seu trabalho futuramente se tornará na linguagem humana em SORTE, mas não mais estatísticas ...O que já é bom!!!

Condor Connect
Kauana Vissotto
Kauana Vissotto Seguir

Atuo como mentora e investidora de startups. CEO e founder do Condor Connect e do Labiie - Lab de Inovação em inteligencia empreendedora Professora formadora da UFPR e co-autora em alguns livros. 41999967003/kauana@condorconnect.com.br

Ler conteúdo completo
Indicados para você