[ editar artigo]

O FRACASSO FAZ PARTE DO NOSSO DIA

O FRACASSO FAZ PARTE DO NOSSO DIA

Hoje atendi uma startup acelerada pelo programa que está passando por uma enorme dificuldade. E o problema é que me refiro aquela situação que só depende do empreendedor para mudar o cenário.

Infelizmente, todo o nosso lado comportamental reflete diretamente no negócio, e neste caso específico estamos falando de 9 meses sem nenhum avanço. Não é o caso de que não foi feito nada, mas tudo o que foi feito acabava esbarrando sempre na mesma questão.

O negócio não avançava, mas se continuava tentando e se desgastando com o medo de fracassar. A pergunta era: Será que vale a pena desistir agora? O fracasso faz parte do nosso dia a dia, principalmente no contexto de startups.

Antes do negócio existir ele passa por muitas validações e em algumas delas, nem tudo sai como esperávamos. E nesse momento precisamos PIVOTAR (O termo é derivado do inglês to pivot (“mudar” ou “girar”) e designa uma mudança radical no rumo do negócio e não tem nada de errado pivotarmos, ajustarmos e seguirmos adiante, o que não pode acontecer é desanimarmos a ponto de DESISTIR.

Quando pivotamos, significa que estamos ouvindo o que o mercado está nos contando e cada vez que isso acontece estamos mais próximo do acertar. Existe muita diferença entre desenvolver o que achamos ser o melhor e aquilo que conseguimos entregar de fato.

Diante disso todos nós que empreendemos precisamos ter muito claro que o fracasso faz parte, ele anda ao nosso lado e nos ajuda a crescer. Fracassar não é desistir, é persistir, mas com uma ideia diferente. Vamos mudar a nossa forma de pensar!

 

Condor Connect
Kauana Vissotto
Kauana Vissotto Seguir

Atuo como mentora e investidora de startups. CEO e founder do Condor Connect e do Labiie - Lab de Inovação em inteligencia empreendedora Professora formadora da UFPR e co-autora em alguns livros. 41999967003/kauana@condorconnect.com.br

Ler conteúdo completo
Indicados para você