[ editar artigo]

Empreendendo na Área da Saúde

Empreendendo na Área da Saúde

Em tempos de pandemia, a área da saúde é uma das que mais está tendo destaque justamente pelo enfrentamento e exposição ao risco. Ao mesmo tempo que a linha de frente permanece na ativa em combate a pandemia, muitos profissionais que têm seus consultórios privados precisam se reinventar para novos tempos. Você que é da área da saúde, descubra como é possível se reinventar através do empreendedorismo.

Os profissionais em psicologia são tradicionalmente formados para abrir os seus consultórios e atender os pacientes, os profissionais em odontologia também. Os profissionais em enfermagem para estarem empregados. Ainda estamos acostumados a uma educação que forma profissionais autônomos, ou seja, entramos na faculdade e saímos profissionais. Para muitas áreas esta formação sempre funcionou, e a área da saúde é uma delas.

Mas a realidade do mercado e da sociedade tem se transformado diante das constantes mudanças, tanto tecnológicas, quanto sociais e legais. Principalmente agora, em tempos de pandemia e isolamento social. Por exemplo, a telemedicina ou o atendimento médico remoto através de um dispositivo de vídeo para consultas, que até pouco tempo atrás causava questionamentos com relação a qualidade do atendimento ao paciente pelo médico, hoje virou uma medida de contenção e segurança. Isto faz com que muitos profissionais tenham que rever a sua forma tradicional de trabalhar.

Não é de hoje que muitos profissionais da saúde enfrentam problemas para administrar os seus consultórios, seja pela falta de gestão financeira ou até mesmo pela falta de capacidade de atrair novos pacientes. Mesmo sendo profissionais muito bem treinados, a grande maioria está capacitada para um bom atendimento técnico dentro do seu consultório, mas poucas são as faculdades que preparam estes profissionais para gerirem um negócio. O grande diferencial do mercado hoje é ter uma veia empreendedora, e isto é valido também para a área da saúde.

O empreendedorismo é um recurso necessário para que os profissionais possam não apenas fazer a diferença na sociedade, mas ter um negócio rentável. Como já nos dizia o filósofo Nicolau Maquiavel:

“empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades e são capazes de transformar ambos em vantagem”

E o obstáculo de muitos negócios é o próprio empreendedor a frente dele. Se você tem um consultório e acha que não é um empreendedor, fica o alerta: a frente de qualquer consultório sempre tem um empreendedor. Então, você é empreendedor sim, mas não sabe disso ainda. Só precisa descobrir quão bom empreendedor você é!

Por mais que o seu compromisso seja social, o seu consultório deve ser encarado como uma negócio: tem que cobrir os gastos de operação, tem que gerar o retorno financeiro necessário para sustentar os sócios, tem que pagar os funcionários e também precisa retornar todo o investimento inicial. Ainda, o seu cliente é a sua maior propaganda, portanto, além da relação de paciente, existe a importância de relacionar com empatia e realizar um atendimento mais humanizado. É importante transpor apenas os efeitos individuais das consultas e tratamentos, mas considerar que cada paciente também tem as várias esferas da vida das pessoas. Você tem que entregar mais do que um atendimento, tem que entregar uma experiência para o paciente.

O consultório é sempre uma primeira ótima opção para quem está começando a empreender. Estabelecimentos menores e dedicados ao atendimento de apenas uma especialidade exigem uma complexidade menor de gestão. Conquistando este primeiro passo na jornada empreendedora, a inovação evolui com o uso de novas tecnologias, como softwares para clínicas e consultórios, telemedicina, enfim, agregando valor ao negócio e conquistando a satisfação cada vez maior dos pacientes. O importante é o primeiro passo.

Você que é da área da saúde, entenda um pouco mais como o empreendedorismo pode fazer você crescer.

Empreenda-se!

Condor Connect
Dornelles Vissotto Junior
Dornelles Vissotto Junior Seguir

Professor da UFPR, Doutor em Mecânica Computacional e Mestre em Métodos Numéricos em Engenharia, Engenheiro de Produção Civil. Chefe da Unidade de Creditação da Extensão. Orientador de Empresas Juniores. Expertize em Programação, IA, BI, Big Data.

Ler matéria completa
Indicados para você